O trecho é pequeno — compreende cinco ruas (NE 38th a 42st) e três avenidas (N Miami a NE 2nd). Mas o barulho que ecoa do bairro mais celebrado do momento em Miami ultrapassa as dimensões físicas. Considerado um devaneio do empreendedor imobiliário Craig Robins, que vislumbrou uma meca de compras onde havia uma plantação de abacaxis no início do século XX, o Design District é hoje um dos projetos mais ambiciosos do mercado high end nos Estados Unidos. Só no primeiro trimestre deste ano, 21 butiques foram inauguradas na região, incluindo Burberry, Cartier, Emilio Pucci, Valentino, Versace e uma flagship da Louis Vuitton. “Meu sonho era transformar a área em um laboratório criativo, revivendo os tempos de ouro do design de interiores”, diz Robins.

Matéria originalmente publicada na revista Veja Luxo. Clique para ler reportagem completa.

Screen Shot 2015-12-04 at 2.40.44 PM

Author